Aborto em Angola

angola-country-flag

Angola tem uma legislação rigorosa que proíbe abortos em todas as circunstâncias, exceto para salvar a vida de uma mulher. Os serviços de atendimento pós-aborto (PAC), no entanto, ainda estão disponíveis em instalações de saúde selecionadas.

O Aborto é Legal em Angola?

O aborto em Angola só é legal se salvar a vida da mulher. Aqueles que realizam abortos sob outras condições que não esta, enfrentam até 2-8 anos de prisão.

Quais tipos de Aborto Estão Disponíveis na Angola?

Tanto a aspiração manual a vácuo (AMIU) quanto o Misoprostol estão disponíveis em Angola, mas somente para uso no Tratamento Pós-Aborto (PAC) para o tratamento de abortos incompletos e abortos espontâneos. [1]

Qual é a taxa de aborto em Angola? Quantas Mulheres Têm Abortos?

Do total de 246.235 abortos, 169.902 foram abortos inseguros (68,9%) [2].

Aborto no Hospital

Quais São os Diferentes Tipos de Procedimentos de Aborto em Hospital Disponíveis em Angola?

O aborto por aspiração manual a vácuo e o aborto com pílulas de Misoprostol estão ambos disponíveis como procedimentos de aborto no hospital, mas apenas para o tratamento de abortos incompletos e abortos espontâneos.

A Aspiração Manual Intrauterina (AMIU) é segura?

A AMIU é um método muito seguro de aborto para gravidezes no primeiro trimestre, e/ou no início do segundo trimestre até 14 semanas de gestação. A AMIU é 99% eficaz. [3]

Você pode obter mais informações sobre o procedimento de AMIU aqui.

Onde posso obter um Aborto por Aspiração Manual de Vácuo (AMIU) em Angola?

O AMIU está disponível como um procedimento hospitalar e em hospitais e centros de saúde. Médicos, enfermeiros e parteiras treinados podem todos realizar o procedimento.

Quanto custa a Aspiração Manual Intrauterina (AMIU) em Angola?

DADOS INDISPONÍVEIS

Há Algum Efeito Colateral da Aspiração Manual Intrauterina (AMIU)?

O efeito colateral mais comum é a cólica durante o procedimento. Muitas vezes esta cólica irá melhorar rapidamente depois, mas algumas mulheres podem sentir cólicas durante alguns dias ou semanas. A maioria das mulheres sentirá sangramento e cólicas durante e após a AMIU, estes sintomas irão gradualmente melhorar nos dias seguintes após o procedimento. [3]

Aborto com Pílulas (Aborto Farmacológico)

As Pílulas Abortivas (Mifepristona e Misoprostol) estão disponíveis em Angola

O Misoprostol está disponível em Angola, mas somente para uso em Cuidados Pós-Aborto.

Quão Tarde na Gravidez as Pílulas Abortivas Podem Ser Usadas?

As pílulas de aborto podem ser usadas dentro das primeiras 11 semanas de gravidez.

Preciso de uma Receita Médica para o Misoprostol?

Dado que o Misoprostol é usado apenas para o tratamento de abortos e abortos incompletos, será necessária uma prescrição para obtê-lo em Angola.

Que Marcas de Pílulas Abortivas são Populares em Angola?

Somente Misoprostol está disponível em Angola, e as marcas aprovadas pela OMS são chamadas Avertiso da Acme Generics LLP. Ele vem em uma embalagem de 4 comprimidos de 200mcg. [4]

Quanto Custam as Pílulas Abortivas em Angola?

DADOS INDISPONÍVEIS

Quem Posso Contatar para Obter mais Informações sobre o Aborto em Angola?

Você pode entrar em contato com as conselheiras da safe2choose pelo e-mail info@safe2choose.org ou pelo chat.

Você também pode entrar em contato com a Women on Web ou Women Help Women.

Aprenda sobre o aborto em seu país

Autores

pela equipe da safe2choose e por especialistas de apoio da carafem, com base nas recomendações de 2019 do Ipas, e nas recomendações de 2012 da OMS.

safe2choose é uma plataforma informativa e de aconselhamento on-line que apoia as mulheres que desejam um aborto seguro e, quando necessário, as encaminha para provedores de saúde confiáveis, treinados e pró-escolha.

carafem oferece atendimento conveniente e profissional ao aborto e planejamento familiar para que as pessoas possam controlar o número e o espaçamento de seus filhos.

A Ipas é a única organização internacional focada exclusivamente na expansão do acesso ao aborto seguro e à atenção contraceptiva.

A OMS é uma agência especializada das Nações Unidas responsável pela saúde pública internacional.

[1] VSI. Expanding Access to Postabortion Care Services in Angola with the Introduction of Misoprostol. Retrieved from: http://bixby.berkeley.edu/wp-content/uploads/2015/03/VSI_Angola-MOH-PAC-Brief-2013-06-20F.pdf

[2] SSM Population Health. Do perceived contraception attitudes influence abortion stigma? Evidence from Luanda, Angola. Retrieved from: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S2352827317302550

[3] Ipas. Clinical Updates in Reproductive Health. 2019. Retrieved from: https://ipas.azureedge.net/files/CURHE19-april-ClinicalUpdatesInReproductiveHealth.pdf

[4] IPPF. Medical Abortion Commodities Database. Retrieved from:https://www.medab.org/advanced-search-multiple-results?country=334&commodity=all&brand=all#multiple-search-result